quinta-feira, julho 31, 2014

Dez coisas a fazer antes do amor induzir ao caos

assistir um filme de truffaut
recolher a sombra do gato
dourar as pupilas da aurora
incrustar desígnios na pedra
orvalhar o silêncio da árvore
ouvir aquela canção do roberto
pousar interstício na nuvem
desvanecer a rotina dos rios
escolher outra anacardiaceae
indagar a etimologia do vento

segunda-feira, julho 14, 2014

quinta-feira, julho 03, 2014

Carta de doação à mercê do vosso esmero II

Posto que há um tempo
Em que teus olhos
Fluem como rio
Nos líquidos meus

Posto que neste enlevo
Como que aturdido
Fito a imensidão
Em dossel e desatino

Cumpro inteirar o mister
De deitar em ti o riso
E entre teus auspícios
Vicejar em precipícios


terça-feira, julho 01, 2014

teu olhar em amsterdã

depois do breakfast
nos reunimos em olhares
faiscavam salivas
era tudo anunciação
eu tive que me
despedir da manhã
enquanto miravas o sol
a solidão de esperar a viagem
me entorpecia os passos
eu queria uma gare tranquila
para ancorar o destino
mas tive que partir
com teu olhar em amsterdã




terça-feira, junho 24, 2014

quarta-feira, junho 18, 2014

sexta-feira, junho 13, 2014

Poeminha para rouxinol enamorado

Se de ti me invitas
A solene prece
Deste teu viço

Acordo cego
Brilho vítreo

Do chão ascende
Olor e visgo
Teu corpo diviso