quinta-feira, outubro 24, 2013

feitiço ou aflição muda

toda dor no silêncio
é mais aguda

9 comentários:

Paulo Francisco disse...

e espeta, fura... hemorragia interna.
Um abraço

Indigo Horizonte disse...

Muy cierto.

Lídia Borges disse...


Bicuda, essa dor muda!


Bjs

dade amorim disse...

Com toda certeza, Assis.

Beijo

Cecília Romeu disse...

Recordei-me, Assis, de uma frase do poeta Mário Doldán, que aqui te deixo:

"El silencio es un grito de mujer."

Beijos!

jorge pimenta disse...

e há sempre quem no-lo recorde com a mais fina adaga de mãos.

abraço!

AC disse...

É verdade, poeta, mas também é, como muito bem sabe, quando se conseguem as melhores dissecações.

Abraço

José Carlos Sant Anna disse...

É nest exílio que o poeta fisga a(s) palavra(s)...
Abraço, poeta!

Cris de Souza disse...

Me parece grave...