quinta-feira, abril 04, 2013

por mais que me sejas oração


quando me chamas
acendes o sujeito
insubordinado

5 comentários:

Andrea de Godoy Neto disse...

adoro insubordinações, poéticas, amorosas... :)

beijo

José Carlos Sant Anna disse...

Insubordinar-se é começar uma nova história.
Abr.,

Ira Buscacio disse...

insubordinada sou
para ser sujeitinha renovada.
bj, poetaço

Joelma B. disse...

ativamente passivo!?

:)

Beijo!

eurico portugal disse...

eis uma nova categoria sintática que apenas sabemos nos livros que escrevem a vida, não nos que a forjam.

abraço!