segunda-feira, fevereiro 11, 2013

fragmento e helianto


o olho da amada
respira poesia
já o corpo inspira
o suor do meu dia

5 comentários:

Adriana Riess Karnal disse...

isso é carnaval

AC disse...

Quantas vezes o suor depende do olhar da amada...! :)

Abraço

Lídia Borges disse...


Gira sol!



Um beijo

Cris de Souza disse...

Queima que só!

eurico portugal disse...

de suores e da ciência do corpo quem nada sabe?

"vê-se a teia que vai da fronte às coxas com os braços reluzentes / por cima" - herberto helder

abraço!