terça-feira, julho 10, 2012

poeminha para liturgia noturna


há tanto tesouro em tua face
pérola, turmalina, esmeralda
que orbito lua em teu enlace

9 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Há tanto diamante em tua poesia! Abraço apertado, Assis amigo, grande poeta!

Everson Russo disse...

A lua por si já é um tesouro que brilha na alma e reflete no olhar...abraços de bom dia.

Joelma B. disse...

poeminha delicado como nos parece ser a tez da lua... e lindo!

Beijinho, Assis!

Adriana Aleixo disse...

Suave e preciosa poesia.

Beijinho!

Ira Buscacio disse...

Da vontade de tocar... o poema!
Bjão, Assis

Luiza Maciel Nogueira disse...

apaixonante!

um beijo

Daniela Delias disse...

Joia rara, como o poema...

Bjos!

Lara Amaral disse...

Que lindo! A lua refletindo brilho diverso, mas sempre com o seu caminho certo em procurar a joia perfeita.

Beijo.

dade amorim disse...

Uma joia de poema, três versos perfeitos.

Beijo beijo.