sexta-feira, setembro 20, 2013

Para o poema em forma de oração

É necessário que eu peça escusas
Porque invejo a palavra luzidia
Tenho ganas pela aliteração
Suspiro pausas, zeugma, elipse
Para o verso zunir este há de ser
Em síntese ou sínquise

9 comentários:

jorge pimenta disse...

a aliteração a pontuar a gradação de emoções sobre a pauta das figuras da verdadeira retórica: a do homem-vida: possíveis e impossíveis em quiasma.

abraço!

José Carlos Sant Anna disse...

Aqui é sempre o refúgio das palavras, das imagens...
Abraços, poeta!

Lídia Borges disse...


Maravilhoso zunido, o dos sentidos!


Um beijo


Fred Caju disse...

Você conhece o livro Oração pelo poema do Alberto da Cunha Melo, Assis?

Leonardo B. disse...


[essa palavra mais além

a casa poema em si...]

um imenso abraço, Assis

Lb

Tania regina Contreiras disse...


Mais um dos que zonzeiam a gente; grande Assis!

Beijos,

Cris de Souza disse...

aliteração, ali tem ação.

beijo!

dade amorim disse...

Síntese ou sínquise, o poema é de grande beleza.

Beijo, Assis.

Índigo disse...

Y siempre la búsqueda. Y el silencio.