terça-feira, junho 04, 2013

fragmento para sucessão de espaço sem matéria

por ora nada me abarca
nenhum verso, nenhum corpo
deixai-me com meus lírios
que de vazios estou completo


A Cris me fez uma oferenda linda aqui

8 comentários:

Tania regina Contreiras disse...


Deixo-te e levo-te...rs

Beijos,

dade amorim disse...

Que os lírios te façam muito feliz.

Beijo.

Fui ver os poemas da Revista Pessoa, adorei!

teca disse...

Pleno... inteiro!

Beijos.

Adri Aleixo disse...

Ah... os lírios!

Beijo!

José Carlos Sant Anna disse...

A vida com lírios deve ser mais perfumada.
Abr., poeta

eurico portugal disse...

por ora , sempre que os lábios forem lábios...

Cissa Romeu disse...

Repleto de vazios e tão cheio de alma... quase um pecado sem arrependimento.

Beijos, caro poeta!

Cris de Souza disse...

A Cris se perfumou por aqui.