terça-feira, abril 30, 2013

fragmento com adorno de cera


poesia não é artigo de luxo
tampouco artigo essencial

10 comentários:

Caroline Godtbil disse...

Suspiros da alma...
Beijos.

José Carlos Sant Anna disse...

É uma luz que sobe pela garganta.
Abr.

Anônimo disse...

Cuidado, poeta!! Fakes estão invadindo seu blog, o dos outros ,e até o facebook das pessoas. Descarados, esses fakes.

Anônimo.com.

Cris de Souza disse...

Ler-te é essencial, um aprendizado de luxo.

Beijo, mestre.

Cris de Souza disse...

Ler-te é essencial, um aprendizado de luxo.

Beijo, mestre.

Cris de Souza disse...

Tô de olho...

Ingrid disse...

perfeito!
beijo Assis

Tania regina Contreiras disse...

É ser. Respirar.

Beijos,

Lídia Borges disse...


Uma necessidade torna tudo essencial, indispensável...

Um beijo

eurico portugal disse...

essencial... mesmo que apenas sobre o pó de sílabas e a matéria da ausência...

abraço!