sexta-feira, fevereiro 08, 2013

fragmento para catavento


o poema amanhece
eu me adormeço
em alguma palavra

5 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

Preciso largar o Poemas de Urgência para visitar os blogues! :-) Atraquei-me com ele...

Bom dia e beijos!

Cris de Souza disse...

o catavento me levou ou fui enlevada por ele.

beijo, mestre!

Lídia Borges disse...


Outro fragmento pleno de sentido(s).

Lídia

Leonardo B. disse...


[essa palavra,

semente em sopro de palavra,
imensa!]

como esse abraço, Assis

Lb

dade amorim disse...

As melhores palavras.
Beijo.