sábado, janeiro 19, 2013

Quase assim, quase assado


Estamos quites
Ne me quitte pas

14 comentários:

teca disse...

Que mágico!!!!

Beijos...

dade amorim disse...

Pequeno poema que dá uma volta no primeiro verso. Bom demais.
Bj

Tania regina Contreiras disse...

:-)

eurico portugal disse...

quitação quase sempre unilateral, esta.

je t'embrasse!

Joelma B. disse...

Jamais!!

Beijo, Assis!!

Ira Buscacio disse...

Jogo perigoso do amor!
Genial a idéia dos títulos de músicas
bj grande, poetaço

Eleonora Marino Duarte disse...

jogo empatado? não! você vence!! tem uma carta na manga, a habilidade com as palavras!!!!

adorei!

um beijo.

Vais disse...

quase assim, simples assim
bonito que dá um engasgo

beijo

Everson Russo disse...

Não me deixe,,,assim pede a poesia da alma...abraços de boa semana.

Lídia Borges disse...



"Quase assim, quase assado!"
Tanto, o que acrescenta ao poema.

Beijo

Bípede Falante disse...

Se vai um para um lado e outro para o outro, vão ao mesmo tempo, o que não deixa de ser uma comunhão!

Beijos da bípede passeante

Adriana Riess Karnal disse...

ton poéme? Il faut oublier ma mémoire
estou treinando meu frances por uma boa razao: tua poesia é deveras criativa.

Adri Aleixo disse...

Combinado então!

Beijo!

Cris de Souza disse...

Ulala!