segunda-feira, dezembro 24, 2012

poeminha só para Nina Rizzi


meu porquinho da índia
morreu de insolação
anarina
não soprava brisa
no sertão

4 comentários:

Everson Russo disse...

Sufocou-se o sentimento...abraços meu amigo e um Feliz Natal pra ti e toda sua família..paz e amor entre poesias sempre...

dade amorim disse...

Assis, que você, Nina e todos os amigos daqui tenham um natal mmmmuito feliz!
Abraço.

Nina Rizzi disse...

ai, que amor <3

Nina Rizzi disse...

ai, que amor <3