sexta-feira, outubro 12, 2012

notas leves para um diário minimalista III


um soluço me atravessa
e logo se evade:
saudade


12 comentários:

Joelma B. disse...

ah... saudade!!

no alvo, Assis! beijo!

Lara Amaral disse...

Soluço arpejante...

Beijo.

Tania regina Contreiras disse...

Saudade. Ela dói. E tu dizes tanto em tão poucas linhas.
Beijos, garoto!

teca disse...

Saudade imensa...

Bom fim de semana.
Beijo carinhoso.

Lídia Borges disse...


"Saudade, o que fica do que não ficou".

Para levar comigo. Lindo.

Beijo

Adri Aleixo disse...

Sabe aquela saudade do que ainda não se viveu? Ei-la.

Beijo!

Eleonora Marino Duarte disse...

amigo Assis
de uma delicadeza sem igual o seu mínimo...


um beijo.

dade amorim disse...

É assim mesmo...
Abração

Daniela Delias disse...

Tão bonita essa palavra saudade...

Bjo

Bípede Falante disse...

soluço é tortura do corpo e da alma.
é sim!!
beijoss

Cris de Souza disse...

Na mosca!

Eurico disse...

Imenso, o teu mínimo.
No mínimo, intenso.

Dá um tratado, esse soluço.

Abç