domingo, abril 21, 2013

para o que nos atiça as vistas


Você não me sabe
Eu não te sei
Em meio a isso

Sutil ignorância
Afogamo-nos
Em fogo e viço

10 comentários:

Paulo Francisco disse...

Caramba! muito bom isso.
Um abraço

Jota Effe Esse disse...

Bom pra caramba! Foi Paulo Francisco quem disse! Eu digo que é bom, apenas bom. Meu abraço. Já ia dizendo meu beijo. Que confusão, essa que você me meteu, Assis!

Lídia Borges disse...


Produtiva ignorância!...



Um beijo

Caroline Godtbil disse...

Melhor... bem melhor o fogo e o viço!
Beijos.

dade amorim disse...

Bom demais, Assis!
Beijo.

José Carlos Sant Anna disse...

O fogo e viço iluminando a "sutil ignorância" nada melhor.
Abr.,

Tania regina Contreiras disse...


E eu perdendo isso? Em atraso, êxtase!

Beijos, poeta.

Anônimo disse...

De singular beleza, esse sutil não ignorar:) o visgo e o viço.
beijodefãanônima. com( rs)

Vais disse...

atração a olhos nus e nada se sabe
somente a noção, ainda assim o mergulho

beijo

eurico portugal disse...

porque me quero perder... e assim me achar.

abraço!