terça-feira, janeiro 01, 2013

quase lâmina, quase flor


espada, estrelícia
florete, flox
adaga, antúrio
cutelo, cravina
punhal, protea
faca, frésia
estilete, esporinha
navalha, narciso
sabre, sálvia
canivete, celósia

5 comentários:

dade amorim disse...

Da lâmina para a flor a distãncia não é tão grande assim.

Beijo de ano novo!

teca disse...

E que venham os talos e talhos...

Feliz ano novo!!!
Beijos e flores.

Adriana Riess Karnal disse...

faca de dois gumes
a flor e as espada
o espinho da rosa.
começou 2013, façamos poemas mais floridos e menos doloridos, é possível?

Lídia Borges disse...


Ai, como as flores podem cortar!

As palavras são um sem fim de possibilidades na mão de quem, como tu, as usa. Não é para todos!

Um beijo

LauraAlberto disse...

Que flor e essa que teus dedos escondem...
Que espada e essa que teu peito teme.....

Beijinho