sexta-feira, janeiro 11, 2013

quase alísio, quase trêmulo


de repente vento e silêncio
e a vida num cansaço
respira apaziguada

8 comentários:

Leonardo B. disse...


[o bom silêncio,

vertido em calmos e bons ventos!]

um duplo e imenso abraço, Assis

Leonardo B.

Everson Russo disse...

Sereno sopro que refresca a alma..abraços de bom final de semana.

Lídia Borges disse...


"O repouso [merecido] do guerreiro"?

Beijo

Adri Aleixo disse...

Em mim também... Que delícia!

Beijo, Assis!

Lu Rosário disse...

O silêncio diz tudo dessa vida..

dade amorim disse...

Tantas vezes o silêncio nos descança, embora dependa do tipo de silêncio de que se trata.
Bj

Fred Caju disse...

Levíssimo!

Anna Amorim disse...

Um repouso que aconchega a alma

Beijos,