quarta-feira, junho 20, 2012

Poema perdido em caderno de cinema


escreva um roteiro para eu te amar
meio truffaut, meio godard
uma novela vaga, duas ou três coisas
ou viva sua vida sem me acossar

2 comentários:

LauraAlberto disse...

se escrever quem o filma?

beijo

[mais uma surpresa este teu blogue que descobri...já estou mais descansada quando atingires os 1001 poemas...]

Adriana Karnal disse...

enquanto nao há filme , a gente faz poesia