quinta-feira, agosto 19, 2010

Em cada poste o silêncio

1. Às vezes dá vontade de incendiar esse silêncio, mas me calam as palavras.
2. A incoerência desceu justo com o teu silêncio.
3. Respiro o silêncio desta noite cheia de arrepios.
4. A imensidão do mar só não é maior que o vazio desse silencio.
5. A noite veste o silencio das preces enluaradas.
6. O branco da tua pele é um silêncio que me impele.
7. Dela restou o silencio entre os artifícios da manhã.
8. Vejo a brisa que se evade pelo silencio dos teus passos.
9. Tenho quase certeza que esse silencio vem do teu jeito de amar.
10. Ela se cobria de silêncios para provocar o alvoroço.
11. Era obcecado por girassol, pôr-do-sol, lençol e ficar como o silencio a sós.
12. Achava bonito o retrato na parede emoldurando o silencio do quarto.
13. Ele abusava de espantos para o silencio ir-se embora.
14. Sempre que ela se vai deixa um rastro embevecido de silêncio.
15. Só o silêncio havia como coisa concreta, o resto era ilusão.
16. Ela entrou repentina como o silêncio e paz não mais se fez.
17. Houve silêncio enquanto rompia o verbo da tua carne.
18. Invariavelmente temias o silêncio das tuas respostas.

Um comentário:

betina moraes disse...

assis,

erótico na medida!

adorei.

[rapaz! você tem outro blog? ainda bem que sou meio "arqueóloga".. rss]


um beijo.