quarta-feira, outubro 14, 2009

a outra imagem, a do espelho

pelo presente
instrumento
particular
de decisão
indefiro o
poema e sigo
só com a vida

4 comentários:

Anônimo disse...

Poeta,
e os não inscritos?

Moacy Cirne disse...

Seguir
com a vida
não implicaria
seguir
(também)
com o poema
e toda e qualquer arte?

Um abraço.

Eunice Boreau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eunice Boreau disse...

no ciber espaço
complexo e repleto
De reflexos completos
Nascem luzes que tecem
seus rasgos em pleno universo